Facebook quer recuperar o público jovem com a plataforma LOL de memes e vídeos

Os memes da Internet deixaram de ser uma tendência

memes

Os memes da Internet deixaram de ser uma tendência isolada para se tornarem verdadeiros fenômenos virais graças às redes sociais.

Essas frases, imagens e vídeos de humor que refletem as situações cotidianas de uma maneira engraçada são especialmente populares entre os jovens, que usam plataformas como WhatsApp, TikTok, Instagram, YouTube ou Snapchat para compartilhá-las.

E agora o Facebook quer usá-los para capturar a atenção dos jovens, que estão deixando a rede social em um ritmo dramático.

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e sua equipe estão desenvolvendo uma nova plataforma chamada Facebook LOL que consiste, basicamente, de uma fonte de memes, vídeos e GIFs animados, de acordo com um relatório publicado na sexta-feira em um site especializado em tecnologia TechCrunchy, por Facebook.

LOL é um acrônimo em inglês para “Laughing out loud”, traduzido em português como “rindo muito alto”. E é disso que se trata: uma plataforma divertida para os jovens rirem.

A nova plataforma será dividida em várias categorias. “Animais”, “piadas”, “selvagem”, “escola” ou “celebridades”.

Em cada meme ou vídeo, há três opções que os usuários podem reagir: “divertido”, “bom” e “não divertido”. A plataforma permitirá que os usuários da Internet criem seus próprios memes ou compartilhem os de outros, além de receber recomendações específicas por meio de um algoritmo.

No momento, esta ferramenta ainda não está disponível, mas o Facebook está trabalhando nisso e está testando-a com uma centena de estudantes do ensino médio nos Estados Unidos, informou o TechCrunch.

“Estamos administrando um teste de pequena escala, e o conceito ainda está em seus estágios iniciais”, afirmou o Facebook em um comunicado oficial.

“O Facebook tem um problema com os adolescentes”, disse Bill Fisher, analista da eMarketer, uma empresa de pesquisa de mercado dos Estados Unidos.
A razão pode ser o fato de que outras gerações, como seus pais e avós, também estão usando a rede social.

Com o LOL, o Facebook está tentando falar a linguagem dos jovens e re-seduzi-los.

memecorporativo

A plataforma já está tentando usar ferramentas típicas do Snapchat – e depois o Instagram – como histórias (Stories) ou emojis animados.

Também tentou (e falhou) repetidamente com clones Snapchat, como Poke e Slingshot, aplicativos como Lifestage e aquisições como TBH (To be honest), um aplicativo de mensagens anônimas para adolescentes que comprou em 2017 … e teve que fechar nove semanas mais tarde por seus resultados ruins.

Serão os memes mais eficazes?

Fonte: bbc.com

Gostou do post? Clica na logo abaixo do nosso site e acesse para conhecer melhor nosso trabalho.